DestinosAméricaBrasilDestinos
23 jan 2018

5 passeios imperdíveis em Fernando de Noronha

Escolhi Noronha para curtir minha Lua de Mel e foi uma ótima decisão. 🙂

Noronha é um sonho! Pensa em uma ilha preservada, com pessoas super simpáticas, paisagem que ganha qualquer destino de praia do mundo, além do jeitinho de receber que só o Brasil tem. Noronha é aquele lugar que você vai embora sabendo que um dia volta..

O Arquipélago de Fernando de Noronha é localizado em Pernambuco, formado por vinte e uma ilhas, numa extensão de 26 km², a maior de todas e única habitada também recebeu o nome de “Fernando de Noronha”. As demais estão contidas na área do Parque Nacional Marinho, só podendo ser visitadas com licença oficial ou com profissionais habilitados.

Minha Janela Azul preferida 🙂

Fiquei uma semana hospedada na Vila dos Remédios, que é muito próxima de tudo e onde está o “burburinho” da ilha.

As agências de viagem praticam passeios e valores muito parecidos, mas é importante, principalmente em alta temporada, comprar com antecedência. Eu fui no início de novembro e comprei tudo lá, foi super tranquilo.

Também é possível circular bem de ônibus, a passagem custa R$ 5,00 e eles passam por tudo. O aluguel de Bugue estava um assalto, R$350,00 a diária.

Tenho muuuito pra falar de Noronha, então pra começar fiz esse post contando os 5 passeios que realmente foram os nossos favoritos e que certamente faríamos de novo!

1) Praia do Cachorro

Essa praia fica pertinho dos principais restaurantes da Vila dos Remédios, quem se hospedar por lá pode ir a pé fácil.

A Praia do Cachorro é pequena e bem charmosa. Na areia ficam algumas barracas, aluguel de equipamentos de mergulho, caiaques e Stand up e no alto o famoso Bar do Cachorro, que ganha pelo visual e programação animada toda noite.

Praia do Cachorro

Na praia do Cachorro, logo nas pedras a direita na foto, ficam muitas arraias, elas ficam passando pelos nossos pés, sem machucar e super visíveis pela transparência da água.

E o que falar do Buraco do Galego? Uma piscina natural com um azul que parece de mentira. O Buraco do Galego fica acessível normalmente até o meio da tarde ou antes, conforme a maré vai subindo a piscina vai enchendo de água. Normalmente as pousadas e hotéis tem o “calendário” de maré, pesquise antes de sair.

Buraco do Galego

Encaixe no seu roteiro uma tarde ou manhã na Praia do Cachorro, de lá é possível ir a pé para a Praia do Meio e Conceição, que também merecem uma visita.

Trilha longa do Atalaia

Essa viagem foi zero planejamento, pois estava organizando meu casamento, não tive tempo de pesquisar. Eu sabia que a trilha do Atalaia era um passeio muito legal, mas não tinha ideia do que iria encontrar por lá.

Esta área faz parte do Parque Marinho, por isso a quantidade de pessoas é restrita e monitorada. O ICMBio faz todo o controle com biólogos e outros profissionais voluntários no local.

A trilha longa dura pouco mais de 4h, conforme o condicionamento físico e o ritmo do grupo e toda pessoa ou grupo precisa de um guia para acompanhar o percurso.

Durante a trilha é possível contemplar a vista linda do Atalaia, que significa o “Guardião”, além de penhascos, cavernas, piscinas naturais, tudo muito intocado e inacreditável.

Trilha longa do Atalaia

Os mergulhos são com snorkel, como uma flutuação (quem foi a Bonito já sabe como é..), pois não é possível tocar nos corais, assim como é proibido o uso de protetor solar. Vimos muitos corais e peixes coloridos, arraias, polvos, tartarugas e pra fechar o passeio.. no último mergulho avistamos um tubarão imenso.

A caminhada cansa, principalmente na última hora que é em pedras vulcânicas (como na terceira foto da imagem acima), li que era super fácil, mas pra quem não está acostumando com trilhas a minha sugestão é fazer apenas a curta ou combinar com o guia pra decidir na hora. A trilha curta tem direito a uma flutuação e dura menos de 1h.

Este passeio precisa ser agendado com antecedência, independente do período que você viaje. São poucos grupos e saem apenas pela manhã, procure reservar antes ou no primeiro dia que chegar em Noronha.

Dobradinha: Baia dos Porcos e Praia do Sancho

No primeiro dia escolhi fazer o Ilhatur, famoso passeio de um dia inteiro que faz aquela geral na ilha, gosto desse tipo de programa no início da viagem pra pegar dicas com os guias e ter maior noção da distância e praias favoritas. Neste dia vimos as duas praias de cima, como uma pintura!

Logo na entrada do Parque Marinho é preciso pagar uma taxa de entrada que vale para todos os dias em Noronha, mas vale muito a pena.

Praia do Sancho

Neste passeio ficamos um tempo na Praia do Sancho, a descida é por meio de uma escada meio punk no meio das rochas e outra em seguida de madeira.

Se você é como eu e gosta de curtir uma praia de boa, só nas pedras e água, vale voltar e fazer um dia para cada praia. Lembrando que elas não possuem estrutura com restaurantes nem barraquinha pra água.

Praia da Baia dos Porcos

Para acessar a Praia da Baia dos Porcos é preciso dar a volta e caminhar a partir da Praia Cacimba do Padre. É distante dali pra ir a pé, mesmo parecendo perto de cima. Fui de ônibus (R$5,00) e mais uma caminhada de 15min.

As fotos falam por mim, a água é limpa, calma, eu que não sei nadar fiquei rodando por tudo, mesmo a muitos metros de profundidade. Se subir nas pedras da Baia dos Porcos verá algumas piscinas naturais e, como normalmente estas praias são vazias, é possível ficar por ali muito tempo de boa.

Mergulho de cilindro/snorkel

Se você não mergulhou de cilindro, essa é a hora!

Todos os animais que a gente quer ver no mesmo ambiente, pode isso? Vimos tubarões, tartarugas, centenas de peixes diferentes e até um naufrágio.

O mergulho de cilindro pode ser feito direto na Praia do Sueste ou em passeios de barco contratados. Primeira vez que fiz pela praia e foi muito bom, pois meu pânico é só pular na água, quando entro fico de boa.. e pela praia, como você vai andando, é bem mais tranquilo.

Vale super a pena alugar o snorkel logo que chegar, pois além de baratinho, em torno de R$10, R$20 por dia, todas as praias são ótimas para mergulho. Em um dos passeios de barco que fizemos, conseguimos ouvir os golfinhos.. é claro que eles estavam a muitos quilômetros de nós, mas levei um susto, pois o som é muito alto, fiquei emocionada, juro, me senti conectada com eles, com o mar, com essa energia boa que vem da natureza.

Então, seja no passeio de barco, em uma ida a praia ou passeio fechado.. mergulhe! Noronha é tão maravilhosa por dentro como por fora.

Pôr do Sol

É claroooo que não poderia faltar o pôr do sol. Tudo bem que sempre tem pôr do sol nos meus roteiros, mas lá é um espetáculo todo dia, por ser uma ilha pequena fica fácil de achar um lugar especial pra contemplar.

O Bar do Meio foi a nossa despedida de Noronha e pra mim, o melhor. Talvez em alta temporada você não vá gostar, pois deve lotaar, mas quando fomos estava vazio e um espaço bem especial estava nos esperando de frente pra ele. O mar, um buda, o sol.. minha cara.

Bar do Meio

Os meus pores do sol foram no Bar do Meio, no Bar do Cachorro, na beira da Praia da Conceição, nas pedras do alto da Praia Cacimba do Padre (ao lado da Baia do Porcos) e no Forte da Vila dos Remédios. Todos os dias teve espetáculo!


Site Oficial da ilhahttp://www.noronha.pe.gov.br/ (taxas, informações, praias)

Instituto Chico Mendes – ICMBio: http://www.icmbio.gov.br/portal/

Parque Nacional Marinho – https://www.parnanoronha.com.br/

Noronha é pequena, com pouca estrutura, mas perfeita para os viajantes que curtem a natureza e valorizam a simplicidade que ela proporciona.

Estes foram meus 5 passeios favoritos em Fernando de Noronha, mas ainda não falei da gastronomia, das outras praias, dos golfinhos que seguiram o barco, do nascer do sol na capela, do Projeto Tamar, da simpatia do nosso guia e dos amigos queridos de outros cantos do Brasil que fiz por lá. Fica para os próximos posts.

Nascer do sol – Capela de São Pedro

Se você está planejando ir para Noronha vá preparado para gastar muito, pois tudo é caro, e para se surpreender muito, pois tudo é lindo.

Curtiu? Então vá conhecer o Brasil, visite Noronha! 


Mais fotos inspiradoras no Insta @blogjanelaazul

Está sem tempo de organizar seu roteiro pra Noronha? A gente organiza pra você, confere aqui: Roteiros Personalizados

Por Laiza
Gostou? Compartilhe!
Deixe seu comentário!