DestinosÁfricaDestinosDicas aos Viajantes
18 jul 2017

África do Sul – Primeiras informações ao viajante

O apelido “Nação Arco-íris” descreve um pouco do que torna este país tão extraordinário. A África do Sul oferece diversas atrações naturais de desertos, florestas exuberantes a montanhas com neve, possui uma estrutura excelente de acomodações e transporte para o turista e impressiona quando o assunto é gastronomia e cultura. A luta contínua pela liberdade iniciada por Nelson Mandela e outros revolucionários vai proporcionar lições para toda a vida.

Viajei por 30 dias pelo continente africano e minha primeira parada foi a Africa do Sul. Antes de montar o roteiro é importante identificar se a documentação, vacinas e exigências para entrada no país estão cumpridas, em seguida analisar a época do ano e quanto tempo ficar.

Veja abaixo algumas informações básicas para quem viaja pela primeira vez para a África do Sul:

1) Documentação

Brasileiros não necessitam de visto até 90 dias de permanência (turismo e/ou negócios), basta apenas apresentar o passaporte com validade de até 1 mês da data de retorno ao Brasil.

2) Vacina da Febre Amarela

É obrigatória a presentação do CIV (Certificado Internacional da Vacina) contra febre amarela, que deve ser tomada pelo menos 10 dias antes do embarque.

Se você não tem o Certificado, posso te ajudar neste post: Vacina da febre amarela e CIVIP – Tudo que você precisa saber antes de viajar.

3) Quantos dias ficar na Africa do Sul?

O prazo é muito relativo, você pode fazer diversos roteiros dentro do país.

Na minha viagem montei o roteiro conforme abaixo e consegui fazer o planejado, conhecendo o principal de cada lugar:

– 3/4 dias na Garden Route
– 5 dias na Cidade do Cabo
– 1 dia em Johanesbugo
– 3 dias no Kruger incluindo Rota Panorâmica

Waterfront – Cidade do Cabo

4) Quando viajar para a Africa do Sul?

As estações são como no Brasil, no verão muito calor e chuvas, praias e cidades cheias.

O inverno é frio e seco, possibilita melhor visibilidade dos animais nos safáris, pois a vegetação está mais seca e baixa.

De abril a agosto é maior a probabilidade de ver baleias na Cidade do Cabo e região.

Eu fui em abril e achei excelente, só dias lindos, friozinho e mesmo com a vegetação mais alta e verde vimos 4 dos “Big Five“, além de paisagens com um colorido lindo!

Parque Kruger

5) Como chegar?

As principais companhias que voam do Brasil para a África do Sul são a Tam, South Africa, Taag e Emirates.

Normalmente os roteiros começam por Johanesburgo ou Cidade do Cabo. Internamente é possível voar com a Kulula, Mamgo e South Africa, por exemplo, com preços interessantes.

Fique atento a política de peso de bagagem quando os voos forem dentro do país.

Pôr do Sol na Lions Head

6) Língua 

Todos falam inglês na África do Sul, além de 11 línguas oficiais.

7) Dirigir na África do Sul

De Porth Elizabeth a Cidade do Cabo, onde parte é caminho da Garden Route, as estradas são excelentes e bem sinalizadas, só é preciso abastecer sempre que possível, pois em algumas regiões os postos de combustível são raros. Achei interessante que pela Garde Route os motoristas agradeciam na ultrapassagem com o pisca alerta, e como gentileza gera gentileza, logo estávamos fazendo também.

Blyde River Canyon

De Johanesburgo ao Kruger a estrada não é tão boa assim, buracos são comuns e não é recomendado viajar a noite, muitas placas informavam perigo e até sequestros. Viajamos durante o dia para ter uma visibilidade melhor do caminho e das paisagens.

Falo mais sobre nossa viagem de carro pela Garden Route e algumas dicas de como melhorar a viagem no post Viagem de carro pela Garden Route na África do Sul.

Para dirigir na Africa do sul a Carteira de Habilitação Internacional é obrigatória, mas não me pediram nas 2 cidades que alugamos veículo.

Ah, e tem a mão inglesa! Detalhe importante, mas não tem jeito, é ir devagar e se adaptar. Levei alguns sustos nas estradas menores e vazias, a gente troca a pista automaticamente. Muito cuidado!

Estradas da Cidade do Cabo

8) Tomada

Importante levar o adaptador ou comprar em algum mercado local, pois a tomada é de 3 pinos.

9) Segurança na África do Sul

De acordo com o site oficial de turismo do país, os turistas podem visitar quase toda a África do Sul sem medo, desde que tomem medidas básicas de precaução, como é recomendado na maioria dos países e grandes cidades.

10) Feriados oficiais

Ano Novo – 1º de janeiro
Dia dos Direitos Humanos – 21 de março
Sexta-feira Santa (a sexta-feira anterior ao Domingo de Páscoa) – março ou abril
Dia da Família (a segunda-feira seguinte ao Domingo de Páscoa) – março ou abril
Dia da Liberdade − 27 de abril
Dia do Trabalhador – 1º de maio
Dia da Juventude – 16 de junho
Dia da Mulher – 9 de agosto
Dia da Tradição – 24 de setembro
Dia da Reconciliação – 16 de dezembro
Natal – 25 de dezembro
Dia da Boa Vontade – 26 de dezembro

🙂

O Site Oficial de Turismo na África do Sul possui ótimas dicas!

O primeiro passo foi dado, agora é hora de se organizar e iniciar o roteiro!


Mais posts sobre essa viagem top:

Mergulho com os tubarões brancos na África do Sul

Viagem de carro pela Garden Route na África do Sul

Por Laiza
Gostou? Compartilhe!
Deixe seu comentário!