DestinosAméricaBrasil
24 abr 2017

Fugindo do tradicional na Serra Gaúcha: Cambará do Sul e seus Cânions

A Serra Gaúcha é muito linda e conhecida por cidades como Gramado, Canela e Bento Gonçalves. Muitos não conhecem, embora algumas agências de turismo já estejam incluindo nos roteiros, a cidade de Cambará do Sul, que fica à aproximadamente 1h de Gramado e 2h de Porto Alegre. Para quem gosta de natureza, aventura e um friozinho, Cambará do Sul é uma ótima pedida.

Cambará do Sul é uma cidadezinha bem típica do interior gaúcho, já foi cenário de filmes e novelas com as belas paisagens dos seus cânions. No centro da cidade existem várias agências de turismo que oferecem desde locação de bicicletas para passeios até cavalgadas. Entre as opções de passeios, existem roteiros com duração de 5h a 11h, passeios com veículos 4X4 por cachoeiras, cavalgadas matinais ou roteiros pelos cânions com guia. Há também lojas de souvenires, roupas e acessórios pro frio. Você pode optar por fazer os roteiros por conta própria de carro também.

Se você tiver pouco tempo sugiro conhecer o Cânion Fortaleza. A estrada de acesso é razoável a ruim mas a beleza compensa. Ao chegar no estacionamento é possível seguir pela trilha (bem tranqüila para ir, mesmo sem guia) ou contratar um guia e caminhar costeando a borda do cânion. Ambos caminhos permitem visualizar todo o cânion e o caminho percorrido. A vista é de tirar o fôlego, aquela parada que faz a gente pensar na perfeição da natureza. O guia vai contando as histórias do lugar e explicando a origem dos nomes. Na volta passamos pela cachoeira do Tigre Preto e fomos até a Pedra do Segredo. Neste dia descobri por que é preciso levar mais que um par de tênis rsrs, pois é preciso passar dentro da água pra chegar até a Pedra do Segredo.

Tendo mais um dia em Cambará do Sul, a sugestão é visitar o Cânion Itaimbezinho. O acesso é por uma trilha bem sinalizada porém longa (mais ou menos 3Km / 30 min) em meio à vegetação. Não é mata fechada mas, exceto pelas placas, não se tem noção da distância percorrida. Numa das vezes que fiz o percurso fez muito sol, então parecia que não chegávamos nunca. A parte positiva é que tivemos total visibilidade do cânion, às vezes a neblina baixa e não é possível ver nada. Se eu fosse conhecer os dois cânions, iria primeiro ao Itaimbezinho e deixaria o Fortaleza por último, como a cereja do bolo.

Entre as opções para jantar/almoço, eu conheci O Casarão que serve galeto e trutas (um tipo de peixe) com molhos. O lugar é bem pitoresco, a comida é boa e o atendimento ótimo. O proprietário serve as mesas muito simpático e animado. Não conheci, mas tivemos a indicação da Pizzaria Retrô (fica pra próxima).

Fiquei hospedada na Pousada Cafundó (clima de romance e não aceita crianças). Na noite de chegada foi deixada no quarto uma tábua de frios e vinho mas o que mais me conquistou foi o café da manhã servido no quarto. Basta abrir a cortina que em minutos o café da manhã é servido quentinho! Outras opções bacanas de hospedagem são o Cambará Eco Hotel, que tem mais estrutura ou o Parador Casa da Montanha. Existem muitas outras pousadas menores também, depende de quanto você quer investir.

Já estive em Cambará do Sul em diferentes épocas do ano e sempre é preciso levar um agasalho (no inverno é preciso vários casacos, gorros e cachecóis pois as temperaturas são de “renguear cusco” como costumamos dizer aqui no sul). Mesmo em janeiro, à noite a temperatura acaba caindo (em janeiro cheguei a dormir de edredom). Outra dica importante é levar no mínimo dois pares de tênis (algumas trilhas passam dentro da água), protetor solar e boné/chapéu. Se puder, leve um pequena mochila para poder carregar água e o protetor solar para reaplicar.

Não acho que a visitação aos cânions de Cambará do sul seja um passeio ideal para fazer com crianças pequenas, são passeios longos que exigem um pouco de esforço físico. Além do cânions conheça também o Centro Cultural Dr. Santo Bornéo que fica em frente à praça São José e a Igreja Matriz São José, bem no centro da cidade.

Outros lugares lindos e próximos para conhecer são os cânions Malacara e Churriado, Furnas dos Bugres, o Lajeado das Margaridas, o Passo da Ilha, a Cachoeira dos Venâncios, o Lajeado das Camisas e o Balneário Naçuca. Maiores informações é possível encontrar no site da cidade Aqui.

Aos que gostam de natureza, romance e aventura, Cambará do Sul é uma opção excelente, uma cidadezinha aconchegante e com uma energia incrível.

Quem mais aí já conheceu os cânions de Cambará?

Por Ana Gabriela
Gostou? Compartilhe!
Deixe seu comentário!