Gastronomia
26 abr 2017

Conhecendo o 1º restaurante tibetano do Brasil (pertinho de Gramado)

No caminho para Gramado é possível ver algumas placas falando do “1º Restaurante Tibetano do Brasil” em Três Coroas/RS. O Espaço Tibet, primeiro restaurante tibetano do Brasil, inaugurou em 2011 mas desde 2013 está no endereço atual, que foi onde nós fomos. Três Coroas fica a aproximadamente 20 min de Gramado pela RS 115, e é conhecida nacionalmente pela canoagem, possui parques para rafting, e pelo Templo Budista, local muito inspirador com uma energia incrível.

O Espaço Tibet é totalmente caracterizado com objetos e cores típicos da cultura Tibetana, a decoração é encantadora, desde o jardim de entrada até a parte interna do restaurante. Uma refeição no restaurante tibetano consiste de 3 pratos: uma entrada, uma salada e um prato principal, que servem muito bem duas pessoas. Os garçons explicam sobre os pratos e fazem as sugestões da casa. Nós optamos por Motup de entrada, uma salada Caprese e Salmão ao molho do Chef.

Motup são trouxinhas tibetanas, cozidas no vapor, salteadas na manteiga ao molho vermelho com castanhas e especiarias tibetanas. São servidas 6 unidades sendo três sabores diferente: carne (Sha), batata (Alu) e legumes (Nhotsé). Eu sou carnívora mas vou dizer que as de legumes e batata são mais saborosas.

A salada era igualmente gostosa, com tomates-cerejas, palmito, azeitonas pretas e verdes, mussarela ao molho de manjericão. Mas o prato principalmente foi a maior surpresa (positiva) da noite. Foi servido um salmão grelhado com molho de maracujá e hibiscus (ma-ra-vi-lho-so), que foi o que comi primeiro, já estava satisfeita mas precisava provar o restante. Acompanhava arroz branco (o melhor arroz que já comi) flambado na manteiga, com castanhas e gergelim. Podia comer só o arroz. Tinha também batatas seladas na manteiga com gergelim, tipo batata rústica.

A comida é muito saborosa. Há opção no cardápio de pratos veganos e sem glúten. Para quem gosta de carnes, o prato principal indicado pelo Chef é o Racha, pernil de cordeiro ao molho de cravo ou anis. Além da cultura, a história dos proprietários do lugar é inspiradora. Ogyen Shak saiu do Tibet aos 16 anos, junto com mais dois irmãos, atravessou o Himalaia a pé em busca de liberdade. Na travessia, acabou perdendo os dedos de um dos pés por gangrena e acabou refugiado na Índia, onde começou a trabalhar com arte sacra tibetana. Esta arte o trouxe ao Brasil, primeiramente para o interior de São Paulo e depois para o Templo Budista em Três Coroas/RS. No Templo ele conheceu a atual esposa e juntos começaram o restaurante podendo divulgar a cultura do Tibet.

Espaço Tibet (51) 3546-5763 Almoços de quarta a domingo e aos sábados almoço e janta

Mais informações: Site do Espaço Tibet

Se tiver oportunidade, não deixe de conhecer o Espaço Tibet, primeiro restaurante Tibetano do Brasil!!

Por Ana Gabriela
Gostou? Compartilhe!
Deixe seu comentário!